pixecode

Housing movimenta o mercado imobiliário e é a nova tendência de investimento

stockvault-charlotte138238

Nos últimos quinze anos o Brasil passou por ciclos de investimentos imobiliários que possibilitaram retornos acima de 1% ao mês. Nos anos 1990 o flat revolucionou o mercado e proporcionou altos retornos. Ofereceu a possibilidade de investimento pulverizado para o crescimento do setor hoteleiro e ganhou destaque mundial pelo seu formato com o conceito de sistema pool e os serviços oferecidos. Tanto que naquele período, o número de lançamentos de flats foi exorbitante e em alguns anos gerou uma sobre-oferta no mercado.

Esse conceito foi repaginado. Visando atender ao crescimento das redes hoteleiras internacionais, foi relançado como condo-hotel no início dos anos 2000. Este novo modelo possibilitou difundir algumas marcas  hoteleiras  de renome que entravam no Brasil e traziam a expertise, padronização e a força da marca internacional. Entre 2004 e 2007, este tipo de investimento também viu uma sobre-oferta, porém o mercado acomodou-se e os retornos voltaram a atingir recordes.

Neste momento chega ao Brasil uma nova modalidade de apartamentos com serviços. Chamados de Corporate Housing, estes apartamentos são localizados em prédios residenciais comuns e oferecem mobília completa e conveniências de hotel.

A maior diferença entre o Corporate Housing e os flats ou condo-hotéis é a variação de tamanho e a personalidade da decoração que os assemelham muito a uma casa de verdade e acomodam os inquilinos com mais conforto e menos impessoalidade. Este conceito tem como principais clientes as empresas que trazem funcionários expatriados ou que viajam por projeto pontual e que não conseguem ser atendidos por um hotel ou por uma imobiliária.

Facilidades de hotel

Os apartamentos corporativos oferecem cozinhas completas, internet, lavanderia, a possibilidade de hospedar uma família com animal de estimação e serviços de limpeza e manutenção. Variam entre 1 e 4 dormitórios e possuem preços que chegam a ser até 50% inferiores aos valores pagos em um hotel. Além disso, oferecem uma locação desburocratizada em relação as imobiliárias, sem a necessidade de fiador e contratos de 30 meses.

São uma alternativa para as empresas que visam reduzir custos com hospedagem, alimentação de seus funcionários e ao mesmo tempo propiciar uma experiência de local para que sintam-se acolhidos em  ambiente confortável e com conveniências de hotel.

O Corporate Housing também proporciona altos retornos aos investidores que chegam a receber em determinados bairros mais de 1% ao mês sobre o investimento inicial.

Em São Paulo a Sampa Housing já possui mais de 500 apartamentos corporativos em seu portfólio e estima chegar em 1.000 apartamentos nos próximos meses. A alta procura por empresas, que já conhecem estes serviços da Europa e Estados Unidos, mostra que o housing chegou para ficar e ainda tem um longo caminho a desbravar no Brasil!

 

Fonte: Obra 24h